INÍCIO  
Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigénito, para que todo o que nele crê não pereça mas tenha a vida eterna. (João 3.16)                                           Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora e já chegou, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus; e os que a ouvirem viverão. (João 5.25)                                           e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. (João 8.32)                                           Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim. (João 14.6)                                           Respondeu Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada. (João 14.23)                                          
MOTIVO PARA GUARDAR O SÁBADO E A LEI
Pr. Evandro A. Ferreira
Ref: Bíblia Ferreira de Almeida - 1975   IMPRENSA BÍBLICA BRASILEIRA - RIO DE JANEIRO
"Era dia da preparação, e amanhecia o sábado. / e, voltando elas, prepararam especiarias e unguentos; e no sábado repousaram conforme o mandamento” (Lucas 23.54-56).
O texto citado e outros mais, que encontramos nos evangelhos, nos demonstram que Jesus Cristo e os discípulos repousavam no sábado. E não somente eles, mas todos os judeus.
Quando O Senhor Jesus veio ao mundo, ele nasceu
“sob a lei” (Gálatas 4.4), e por nascer sob a lei, ele se fêz maldição por nós:“Todos aqueles pois que são das obras da lei estão debaixo de maldição... / Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós...” (Gálatas 3.10-13).
Os apóstolos, e todos os judeus nasceram viveram sob o pacto da Lei: o Antigo Testamento, e estiveram debaixo da maldição da lei, até o dia que entregaram as suas vidas a Jesus Cristo.
O Velho Testamento, foi dado a Israel por pacto religioso
(Êxodo 34.10-37) e sendo tambem para eles a Constituição Nacional.
Mas a nacão de Israel rejeitou e não quiz o governo de Deus
(I Samuel 8.6-8), e invalidaram a sua lei (Jeremias 31.31-32).
“E santificai os meu sábados, e servirão de sinal entre mim e vós,... / Mas tambem os filhos se rebeleram contra mim... eles profanaram os meus sábados; / Pelo que tambem lhes dei estatutos que não eram bons, juizos pelos quais não haviam de viver;” (Ezequiel 20.20; 21.25).
Até a morte de Jesus de Cristo, o Velho Testamento estava em vigor, e foi cumprido na cruz, para entrar em vigor o Novo Testamento. “Porque onde há testamento, necessário é que intervenha a morte do testador. / Porque um testamento tem força onde houve morte; ou terá ele algum valor enquanto o testador vive?" (Hebreus 9.16-17).
Jesus Cristo cumpriu a exigência da lei, ou seja, do primeiro: O Velho Testamento, para estabelecer o segundo, O Novo Testamento: “Então Disse: Eis aqui venho ó Deus, fazer a tua vontade. Tira o primeiro, para estabelecer o segundo. / Na qual vontade temos sido santificados pela oblação do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez” (Hebreus 10.9-10).
“Se pois o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres” (João 8.36).O Senhor Jesus Cristo, com sua vida, e o seu sacrifício nos libertou do jugo, e da maldição da lei. Hoje, depois de dois mil anos, muitos dos que se dizem cristãos, não entendem que a salvação do homem pecador foi totalmente paga, por Jesus Cristo.
Então, era impossível aos discípulos e às mulheres entenderem a magnitude do significado das palavras de Jesus:
“...Está consumado...” (João 19.30).
Eles (os discípulos) continuaram o repouso do sábado, sob a lei da nação judaica. Deus, chamou Saulo de Tarso , experto da lei, e o fêz, Apóstolo Paulo, doutor da abundante graça de Cristo.
Os apóstolos reunidos em Jerusalém descutiram:
“Agora, pois, porque tentais a Deus, pondo sobre a cerviz dos discípulos um jugo que nem nossos pais nem nós pudemos suportar? / Mas cremos que seremos salvos pela graça do Senhor Jesus Cristo, como eles também” (Atos 15.10-11).
E então descidiram: "Pois pareceu bem ao Espírito Santo e a nós não vos impor maior encargo além destas coisas essenciais: que vos abstenhais das coisas sacrificadas a ídolos, bem como do sangue, da carne de animais sufocados e das relações sexuais ilícitas; destas coisas fareis bem se vos guadardes. Saúde" (Atos 15.28-29).
Então, o único motivo para alguém dizer que guarda o "Sábado" e a "Lei", é porque não sabe que segue uma "falsa doutrina", uma "heresia", pois, não sabe que pela "Lei", já está condenado (Tito 3.9-11).
Porque, mesmo se alguem não pecar, não transgredir o sábado (coisa impossível), mais pecar em qualquer outro dia da semana de igual modo é transgressor da lei, e está em condenação (Tiago 2.10).
“Concluimos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei. / E é evidente que pela lei ninguem será justificado diante de Deus, porque o justo viverá da fé” (Romanos 3.28; Gálatas 3.11).
PLANO DE SALVAÇÃO
Ester Ferreira
Ref: Bíblia Ferreira de Almeida - 1975   IMPRENSA BÍBLICA BRASILEIRA - RIO DE JANEIRO
Deus amou o mundo
"Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça mas tenha a vida eterna" (João 3.16).
Todos pecaram
"...pois todos pecaram e carecem da glória de Deus" (Romanos 3.23).
O sálario do pecado
"...porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor" (Romanos 6.23).
Nova criatura
"E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antiguas já passaram; eis que se fizeram novas" (2 Corintios 5.17).
Mas a todos quanto o receberam
"Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus; a saber, aos que crêem no seu nome;" (João 1.12).
Nenhuma condenação
"Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte" (Romanos 8.1-2).
"Pois todos os que sâo guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus" (Romanos 8.14).
"Portanto, os que estâo na carne não podem agradar a Deus" (Romanos 8.8).
"Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se, de fato, o Espírito de Deus habita em vós. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele" (Romanos 8.9).
A palavra de DEUS é viva
"Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração" (Hebreus 4.12).
Examinais as escrituras
"Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim" (João 5.39).
Eu sou o caminho...
"Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, a verdade, e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim" (João 14.6).
"Então, ordenou Jesus: Tirai a pedra. Disse-lhe Marta, irmã do morto; Senhor, já cheira mal, porque já é de quatro dias" (João 11.39).
"Respondeu-lhe Jesus: Não te disse eu que, se creres, verás a glória de Deus?" (João 11.40).
Na verdade vos digo...
"Em verdade, em verdade vos digo: se o grão de trigo caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, produz muito fruto" (João 12.24).
"Quem ama a sua vida perde-a; mas aquele que odeia a sua vida neste mundo perservá-la-á para a vida eterna" (João 12.25).
E conhecereis a verdade
"...e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8.32).
verdadeiramente sereis livres
"Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres" (João 8.36).
Quem cree em mim
"Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de agua viva" (João 7.38).
"repondeu-lhe pois Simão pedro; Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna" (João 6.68).
"e nós temos crido e conhecido que tu és o Santo de Deus" (João 6.69).
Link associado a esta página

MOTIVO PARA GUARDAR O SÁBADO E A LEI "MOTIVO PARA GUARDAR O SÁBADO E A LEI" (pdf)
  
--------------------------------------------------------------------

Para vêr este arquivo, você pode precisar do Adobe Acrobat.    TO Get FREE Acrobat Reader!
Não percam os próximos assuntos!
A GRAÇA E A MISERICÓRDIA DE DEUS
Pr. Evandro A. Ferreira
O PRÊÇO JÀ FOI PAGO NA CRUZ
Pr. Evandro A. Ferreira
A IGREJA E O LEGALISMO RELIGIOSO
Pr. Evandro A. Ferreira
INÍCIO

Para Acima  Para Acima